Holter de 24 horas: o que é esse exame e para que ele serve

Veja os cuidados necessários e as doença investigadas pelo aparelho que mede a atividade do coração durante um dia inteiro

Por Chloé Pinheiro - Atualizado em 5 ago 2019


O holter de 24 horas é uma espécie de eletrocardiograma, só que de longa duração. O exame carrega esse nome por causa do aparelho usado – o tal holter – e porque mede o funcionamento do coração durante um dia inteiro.

Para que serve

O teste é indicado especialmente no diagnóstico de arritmias cardíacas, uma vez que registra os batimentos cardíacos em um longo intervalo de tempo. O médico também costuma pedi-lo quando há sintomas como desmaio, palpitação, tontura e suspeita de fibrilação atrial.


Como é feito

O paciente vai até o laboratório, onde eletrodos são posicionados no tórax e conectados ao holter, um pequeno monitor que fica na cintura. Ele então começa a gravar o número de batimentos do coração, eventuais alterações no ritmo e por aí vai.


Cabe destacar que a pessoa segue com sua vida normal. Ela trabalha, dorme e come enquanto o holter faz seu serviço. Só não pode tomar banho com o aparelho – melhor se lavar antes.


No dia seguinte, as informações do aparelho são recolhidas e analisadas. É comum que se peça ao paciente para, paralelamente, anotar em um diário suas principais atividades do dia e eventuais sintomas sentidos.


Os resultados

Assim como no eletrocardiograma, o laudo do holter deve mostrar um ritmo cardíaco sinusal, ou seja, normal. O ideal é que os batimentos estejam entre 60 e 100 por minuto. Os eletrodos registram, além de alterações nesse número, parâmetros como duração das ondas elétricas em cada segmento do peito.


Fonte:

https://saude.abril.com.br/medicina/holter-de-24-horas-o-que-e-esse-exame-e-para-que-ele-serve/

2 visualizações